© Certaja.

19/08/2022

CERTAJA Energia, CERTEL e COOPERNORTE se unem para atender região após temporal

Para resolver os problemas de forma mais efetiva e rápida, a Cooperativa acionou o Plano de Contingência junto à FECOERGS e colo



 

Para resolver os problemas de forma mais efetiva e rápida, a Cooperativa acionou o Plano de Contingência junto à FECOERGS e colocou em prática o princípio do intercooperativismo

Cenários complexos são oportunidades para desenvolver os melhores resultados. Exemplo disso foi a estratégia adotada pela CERTAJA Energia para solucionar as demandas de reparo em sua rede após o temporal ocorrido na segunda-feira (15). Para dar conta de todos os atendimentos e reconstruções necessários, a Cooperativa recorreu a um importante princípio: a intercooperação.


Segundo Deise Araújo, Coordenadora de Relacionamento com o Cooperado da CERTAJA Energia, a intercooperação faz parte da lista dos sete princípios do cooperativismo, que nada mais é que a parceria entre as próprias cooperativas. “No ramo de infraestrutura do Rio Grande do Sul, todas  atuam conjuntamente em diversas situações. Assim, só têm a ganhar, e ajudam ainda a fortalecer o movimento cooperativista”, avalia.


Para resolver os problemas de forma mais efetiva e rápida, a Cooperativa acionou o Plano de Contingência junto à Federação das Cooperativas de Energia, Telefonia e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul (FECOERGS). Prontamente as cooperativas coirmãs se manifestaram e ofereceram auxílio.



“Essa estratégia foi adotada porque a estrutura de equipes e turmas para atendimento e reconstrução das redes existentes, demoraríamos muito tempo para que as famílias voltassem a ter energia em suas residências”, explica Deise.


De acordo com Ederson Madruga, vice-presidente da CERTAJA Energia, equipes da CERTEL e da COOPERNORTE trabalharam ao lado da CERTAJA, principalmente nas localidades de Morro dos Cavalos (Paverama), Rincão dos Pinheiros, Pontal e Ponta Rasa (Triunfo). Essa região foi muito atingida pelo temporal, com queda de árvores que dificultaram o acesso das equipes.


Neste período, foram mais de 5,2 mil cooperados sem energia, dos quais 68% tiveram a energia restabelecida em até 24h. Em 48h, 26% foram atendidos. Na quinta-feira (18), todas as ocorrências foram atendidas “Nosso agradecimento especial à empresa Chico Florestal e às Cooperativas coirmãs CERTEL e COOPERNORTE, pelo auxílio prestado. Isso demonstra uma verdadeira prática de intercooperação”, conclui Madruga.





Suporte Certaja