© Certaja.

04/05/2021

CERTAJA PARTICIPA AO VIVO DO PROGRAMA “CONVERSAS DE FATO”

Em conversa informal, lideranças cooperativistas abordaram a temática proposta Na manhã de sábado, 14 de abril, o presidente da

Em conversa informal, lideranças cooperativistas abordaram a temática proposta



Na manhã de sábado, 14 de abril, o presidente da CERTAJA Energia, Renato Martins, juntamente com o vice-presidente Ederson Madruga, participaram do programa ao vivo na Rádio Terra FM, de Venâncio Aires, “Conversas de Fato”.


Conduzido por Carlos Roberto de Oliveira, também contou com a participação de Alexandre Schneider, gerente de Marketing e Cooperativismo da Languiru e do Professor da Unisc Laércio Friedrich.


Com a temática “Os desafios do cooperativismo na pandemia”, os participantes conversaram sobre o cooperativismo, seus princípios, a importância da intercooperação e do papel das cooperativas, que possuem um propósito de atender às necessidades dos cooperados e promover seu desenvolvimento econômico e social, além dos aspectos enfrentados na pandemia.


Renato Martins explicou que, logo no início da pandemia, várias medidas de prevenção aos colaboradores foram tomadas, como os horários de trabalho distribuídos em turnos alternados, a obrigatoriedade do uso de máscaras e a ampla distribuição de álcool em gel, além do acompanhamento dos (poucos) colaboradores infectados, que imediatamente foram isolados e monitorados. Essas ações permitiram que a saúde de todos e que o serviço de distribuição de energia continuasse, sem perder a qualidade. Outro ponto apontado por Martins foram os investimentos realizados. “Temos um incremento diário de demanda de energia. Seguimos investindo em projetos para disponibilizar uma energia de mais qualidade para atender todas as regiões da área de atuação da CERTAJA”.


Ederson Madruga relatou que a CERTAJA, ciente da necessidade de manter a excelência do atendimento aos cooperados, implementou novos serviços e canais de atendimento digitais, como o whatsapp e a assinatura eletrônica de documentos. “Assim, os cooperados podem solicitar quaisquer serviços sem necessidade de deslocamento e, consequentemente, aglomerações, preservando sua saúde”, enfatizou. Outra questão abordada foi a importância do ingresso da CERTAJA no Mercado Livre (ACL) para a compra de energia. “Já compramos energia elétrica para dezessete anos, a um custo bem mais baixo, o que permitiu uma redução nas tarifas para os cooperados e que, possivelmente, no próximo ciclo possibilitará uma redução ainda maior”.


Finalizando, o gerente de marketing e cooperativismo da Languiru, Alexandre Schneider, elogiou o trabalho da CERTAJA, que, em sua visão, enfrenta com êxito o grande desafio de levar energia de qualidade para uma ampla região, com um número muito grande de cooperados distribuídos em áreas de baixa densidade habitacional.


Suporte Certaja