© Certaja.

29/06/2018

Escola de Taquari vence Projeto Sementes do Cooperativismo

Atividade realizada pela CERTAJA reuniu educandários de três municípios, sendo campeã a Escola Pedro Pereira Machado, de Amoras

Atividade realizada pela CERTAJA reuniu educandários de três municípios, sendo campeã a Escola Pedro Pereira Machado, de Amoras


Apresentações artísticas de três escolas integraram 210 alunos e professores do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, em um ambiente de companheirismo e animação, movidos por uma disputa saudável e instigante. Esse é o retrato do evento de culminância do Projeto Sementes do Cooperativismo, promovido pela CERTAJA, ocorrido em 27 de junho, na ACERTA. Recepcionados pelo Abelix, mascote da Cooperativa, os alunos ganharam kits de lanches em um ambiente carinhosamente decorado.


O encontro é o ponto alto de uma etapa de visitas às escolas escolhidas, palestras sobre o cooperativismo e o lançamento de desafios culturais. Os quesitos avaliados pelo corpo de jurados levaram em conta a adequação ao tema proposto (cooperativismo, criatividade, clareza e originalidade).


CHUVA DE TALENTOS – Se o clima de inverno era de muito frio e umidade em Taquari, dentro do pavilhão da ACERTA o calor humano aqueceu corpos e mentes. A Escola Municipal de Ensino Fundamental Oswaldo Aranha, de Triunfo, foi a primeira a se apresentar com uma peça teatral que encenou a chegada de um grupo de viajantes a Taquari, mostrando como as sementes do cooperativismo ali existentes desabrocharam e originaram a CERTAJA, norteada por valores e princípios cooperativistas. No enredo da peça, ajudar-se mutuamente é o objetivo dessas sementes, que germinam nos cooperados.


A Escola Municipal Pedro Pereira Machado, representando a comunidade de Amoras, de Taquari, apresentou uma peça na qual alguns dos personagens eram abelhas e formigas, animais que trabalham em conjunto para alcançar seus objetivos. As abelhas contaram a história da formação da CERTAJA, e os alunos empolgados cantaram o jingle certajano de mãos dadas, seguido por canções gauchescas com letras cooperativistas. Uma grande bandeira cobriu os alunos como encerramento e recebeu a nota máxima da comissão julgadora, conquistando o 1º lugar.


A Escola Municipal Nero Pereira de Freitas, da localidade de Monte Alegre, em Vale Verde, contou o nascimento de Nero Pereira de Freitas e sua liderança natural junto à comunidade, inclusive com o incentivo à construção dessa instituição de ensino. Uma dança gauchesca e os alunos tocando instrumentos musicais complementaram a narrativa, que mencionou Nero como o terceiro presidente da CERTAJA e seus esforços para incentivar a cooperação nos mais diferentes aspectos. Os frutos desse plantio são colhidos hoje, com essa escola de Vale Verde sendo pioneira no Brasil na implantação de uma disciplina sobre cooperativismo no currículo escolar.


Um momento de integração entre todos os estudantes e professores, com muita música, chuva de balões e gritos vitoriosos abriu ainda mais os apetites para o almoço festivo.


Suporte Certaja