© Certaja.

22/09/2017

Intercooperação em debate

Em 20 de setembro uma produtora contratada pela OCERGS realizou a gravação de um vídeo na CERTAJA Energia com o presidente Renat

Em 20 de setembro uma produtora contratada pela OCERGS realizou a gravação de um vídeo na CERTAJA Energia com o presidente Renato Martins, para ser apresentado no 5º Encontro de Presidentes e Executivos de Cooperativas (Epecoop), na cidade de Nova Petrópolis nos dias 5 e 6 de outubro. O case P&D (Padronização das Atividades Técnicas) será divulgado e discutido no evento, e contará com depoimentos do presidente da FECOERGS Jânio Stefanello e de Renato.


De acordo com Renato, a padronização foi o primeiro trabalho em conjunto das Cooperativas: “Foi um aprendizado grande e o começo da intercooperação. A padronização de materiais e procedimentos permite que possamos trabalhar em conjunto, além de garantir um ganho de escala em operações conjuntas. ” Hoje o sistema está operando da mesma forma, o que traz tranquilidade em saber que podemos contar entre cooperativas para redução de custos e um melhor atendimento aos cooperados.


Renato destaca que os projetos de P&D Conjuntos trouxeram um aprendizado significativo em relação ao ambiente regulado. “O primeiro nos preparou para avaliar os investimentos e os reflexos nas tarifas. Diferentemente de uma concessionária, as Cooperativas primam pela qualidade, mas têm uma responsabilidade em não onerar o Cooperado através da tarifa de energia. ” Já o segundo P&D permitiu conhecer melhor o processo de revisão tarifária e estabelecer propostas de melhorias. “As contribuições foram alinhadas com as necessidades das cooperativas que vão ao encontro do que o cooperado necessita, que é a qualidade da energia com o menor valor possível de tarifa. ”


Em relação aos benefícios surgidos a partir da adoção do Plano para Operação e Manutenção de Redes em Dias de Contingência, Renato acentua a tranquilidade sobre o atendimento em dias de grandes contingências. “As cooperativas possuem estrutura enxuta e quando acontece um grande evento, temos dificuldades em contratar mão de obra complementar. Esta cooperação entre o sistema já acontecia, porém agora as definições claras de procedimentos são um avanço. O sistema FECOERGS fica mais fortalecido e os Cooperados com garantias de uma resposta mais rápida nestes eventos. ”

Suporte Certaja