© Certaja.

01/07/2023

Planejamento Estratégico 2023 avança na CERTAJA Energia

A Cooperativa, em parceria com as partes interessadas, elabora projetos para alcançar os objetivos traçados para os próximos cinco anos

Workshop de Inovação, realizado no dia 13 de junho, colaborou com o processo


A CERTAJA Energia deu sequência ao sexto ciclo de revisão do Planejamento Estratégico. A iniciativa da Cooperativa tem o objetivo de analisar o ambiente interno e externo, a fim de traçar meios para alcançar as metas mais importantes para um período de cinco anos.

Segundo Michael Lima, coordenador de Inteligência Corporativa da CERTAJA Energia, o planejamento procura, além de criar projetos que atendam necessidades futuras, alinhar os recursos para suportar as mudanças que virão. Para isso, mais de 50 pessoas, entre conselheiros, líderes de Núcleos, direção, gerentes, coordenadores e colaboradores, participam da iniciativa.

“Ao todo, já fizemos dez encontros. Desde 2022, revisamos, com o Conselho de Administração, a filosofia empresarial, definindo a Visão de Futuro e o Propósito Organizacional da CERTAJA Energia. Neste ano, realizamos a análise ambiental, os pontos fortes, fracos, as ameaças e oportunidades”, conta Lima.

Além disso, também foram definidas premissas, objetivos e metas estratégicas. O Workshop de Inovação, realizado no dia 13 de junho e conduzido por Greice de Rossi e Mônica Bortolli, do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), do Sistema FIERGS, colaborou com esse processo. Na capacitação, os envolvidos puderam se debruçar sobre algumas ideias e estudar, entre outras coisas, as formas de viabilizá-las.

“Nossos encontros sempre contam com um expressivo número de conselheiros e colaboradores. Hoje, estamos alinhando as necessidades que os cooperados estão reportando com a visão dos colaboradores que viabilizam a execução da estratégia”, explica Lima.

Os próximos dois encontros serão destinados ao acompanhamento e feedback para os projetos em elaboração. Já o terceiro será voltado para apresentação e aprovação. O horizonte para a aplicação dos projetos é de cinco anos. “Tão logo sejam aprovados neste terceiro trimestre, iniciaremos os trabalhos”, explica o coordenador.

Tags relacionadas
Suporte Certaja