© Certaja.

09/10/2020

Programa Energia Forte no Campo

Principal motor da economia gaúcha, o agronegócio ganhará um apoio fundamental para aumentar a produção e a produtividade das pro

Principal motor da economia gaúcha, o agronegócio ganhará um apoio fundamental para aumentar a produção e a produtividade das propriedades rurais. O governador Eduardo Leite assinou, na quarta-feira (7/10), o decreto que institui o programa Energia Forte no Campo, que garantirá R$ 20 milhões para melhorar as redes de distribuição de energia elétrica, sendo R$ 11 milhões via BRDE, R$ 4 milhões pelo governo do Estado, R$ 3 milhões via cooperativas e R$ 2 milhões como contrapartida das prefeituras.

 

Assinado em cerimônia no Palácio Piratini e transmitida pelas redes sociais, o decreto garantirá, já a partir de outubro, que produtores rurais, através de cooperativas, acessem crédito para investir na complementação de fases, transformando redes monofásicas em redes trifásicas e com isso possam alavancar os seus negócios, aumentando a produtividade, a geração de emprego e a sustentabilidade para o meio rural.

 

 

Conforme o titular da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), Artur Lemos Júnior, o Energia Forte no Campo começa com as cooperativas, mas deverá ser estendido para as concessionárias. “Queremos atender todo o Estado e faremos um esforço ainda maior para converter mais recursos para o programa nos próximos anos”, destacou Lemos.

 

 

Da CERTAJA Energia participaram o presidente Renato Martins, o vice Ederson Madruga e o gerente de distribuição Eleandro Marques, que será o gestor do projeto na Cooperativa. Texto: adaptado. Fonte: https://bit.ly/33HmIFp

 

 


Governador Leite e secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos, na assinatura realizada por videoconferência - Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

 

Suporte Certaja