© Certaja.

28/10/2022

SIPAT: uma semana de aprendizado concluída com sucesso

Você se sente ansioso, se fica longe do celular? Sente que precisa verificar o celular sempre que chegam notificações? E quanto

Você se sente ansioso, se fica longe do celular?


Sente que precisa verificar o celular sempre que chegam notificações?


E quanto às redes sociais? Tem a sensação de estar perdendo algo muito importante quando fica um tempo fora delas?


Você confere, com muita frequência, WhatsApp e redes sociais?


Estas foram algumas das perguntas feitas aos participantes da XXIX Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT), na manhã de segunda-feira, 24, pela palestrante Milena Talita Reuter, da Unimed VTRP. A resposta positiva à maioria das perguntas é um indicativo de dependência digital.



A enfermeira apresentou dados de pesquisas sobre o tema e sobre a nomofobia – medo de ficar sem o celular. Milena explicou que o uso em excesso das tecnologias digitais pode ser uma ameaça para a saúde, a qualidade de vida e o bem-estar do usuário, provocando consequências como ansiedade, depressão, insônia, irritabilidade e distanciamento social.


Rota de Santa Maria

A Associação dos Funcionários da Certaja (ACERTA) estava cheia na manhã de terça-feira, 25, para a palestra do engenheiro em Segurança do Trabalho, André Araújo, da Rota de Santa Maria, e o coordenador de operações da concessionária, Ricardo Abreu.



Eles apresentaram dados sobre os serviços de operação, exploração, conservação, manutenção, melhoramentos e ampliação da infraestrutura de transportes da rodovia RSC-287, entre Tabaí e Santa Maria. A concessionária, do grupo global Sacyr, administra o trecho, que totaliza 204,51 km de extensão.


Araújo apontou as principais causas prováveis de acidentes, como desatenção, freadas bruscas e utilização do telefone ao volante. Ele também deu dicas para tornar o trânsito um lugar mais seguro e menos suscetível à falha humana.


Impactos dos riscos ambientais

Os impactos sociais, empresariais e humanos dos riscos no trabalho foram o tema do terceiro dia da SIPAT. Na quarta-feira, 26, o engenheiro em Segurança do Trabalho, Dionatan Terres, apresentou dados sobre os acidentes de trabalho no Brasil.




Em 2021, foram registradas 571,8 mil notificações, segundo dados do Observatório de Saúde e Segurança do Trabalhador, mantido pelo Ministério Público do Trabalho e outros parceiros. Já o número de mortes relacionadas ao trabalho chegou a 2.487.

Terres ofereceu aos participantes um momento de reflexão sobre o impacto de um único acidente na sociedade e na vida de todos os trabalhadores – que pagam o INSS para que o contribuinte conte com este benefício, caso precise. Também mencionou o impacto na saúde financeira das empresas e na vida do acidentado e de seus familiares. “Ninguém se acidenta sozinho”, disse.


Inteligência emocional

O tema do quarto dia foi Inteligência emocional. A psicóloga Keide Masera palestrou sobre o impacto das emoções nas ações e nas tomadas de decisão. “A gente vive a emoção e não sabe lidar com ela”, observou. “As emoções não são negativas. O que é negativo são as consequências que elas podem trazer”, acrescentou.



A psicóloga deu dicas para quem quer avançar no processo de aquisição da habilidade de perceber a emoção, acessá-la e geri-la. “É uma competência que pode ser aprendida – e uma das mais requisitadas no ambiente de trabalho”, pontuou.


Entre as sugestões, estão entender os custos e os benefícios das ações que serão tomadas em função de determinada emoção, refletir sobre as informações e os aprendizados que as emoções podem trazer, e tentar compreender a situação sob outra perspectiva. Ela também ensinou técnicas que auxiliam a tirar o foco momentâneo da emoção.


SIPAT Mágica

O último dia da SIPAT contou com a presença do mágico Mateus Di Macedo, que divertiu o público e aliou truques de mágica a dicas de segurança! O evento contou com apoio do Sescoop/RS.



A SIPAT, realizada pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), contou com a participação de colaboradores da CERTAJA Energia, CERTAJA Desenvolvimento e Chico Serviços Florestais.


Confira a galeria de fotos (use as setas de navegação):




 

Suporte Certaja