© Certaja.

14/07/2022

Uma festa pelo futuro: Projeto Sementes do Cooperativismo retorna após dois anos com evento especial em Triunfo

Cerca de 100 alunos da Escola Jozué Machado dos Santos participaram da iniciativa que tem como objetivo ampliar a educação cooper

Cerca de 100 alunos da Escola Jozué Machado dos Santos participaram da iniciativa que tem como objetivo ampliar a educação cooperativista; uma peça de teatro, um coral e um show da mágica marcaram a programação realizada na tarde desta quarta-feira (13)

Após uma parada de dois anos por causa da pandemia de covid-19, o Projeto Sementes do Cooperativismo, da CERTAJA Energia, retornou oficialmente nesta quarta-feira (13). Cerca de 100 alunos, do 6º ao 9º ano da Escola Jozué Machado dos Santos, em Triunfo, participaram da iniciativa que tem como objetivo ampliar a educação cooperativista, preparar os futuros líderes e contribuir com um desenvolvimento mais amplo e igualitário.


Segundo Deise Araújo, Coordenadora de Relacionamento com o Cooperado da CERTAJA Energia, a Cooperativa entende que através desta iniciativa está semeando nos jovens a educação e a compreensão sobre o que é o cooperativismo. "Até o evento, os jovens são levados a praticar os conceitos de cooperativismo e também disseminam os mesmos em suas famílias e comunidades onde estão inseridos”, explica.


Diferente das outras edições, em 2022 o projeto focou em apenas uma instituição. De acordo com Fabiana Martins, Analista Administrativo da CERTAJA Energia e nome à frente do projeto, após dois anos de pandemia, as atividades em sala de aula estão mais exigentes com alunos e professores e, dessa forma, achavam que não dariam conta, mas foi um sucesso!


“Em abril, contatamos a escola Jozué e apresentamos o projeto para a direção. Aceitaram o convite prontamente e foram muito receptivos. Lançamos o desafio para que eles transformassem os conceitos apresentados na palestra, sobre cooperativismo, valores, princípios, história da CERTAJA, em arte. E o que vimos hoje foi o resultado desse projeto”, conta Fabiana.


A atividade na escola


Segundo a vice-diretora da escola, Cátia Ferreira, em todos os projetos que são convidados a participar, são analisados os pontos que podem ser positivos para os alunos. E este foi um dos casos. Apesar disso, com uma história de 30 anos na escola, montar uma peça no nível esperado foi um grande desafio. "Todos cresceram com o desafio e ainda foi despertado nos alunos o quão legal é o teatro, essa arte de representar”, avaliou.


De acordo com Silvana Santos, professora de Ciências e responsável por desenvolver o projeto com os alunos, foi explicado o que seria feito e foi deixado por conta de cada aluno a decisão de participar. "Acredito que o mais importante dentro do cooperativismo é o voluntariado. A escola não conta com um teatro, nem coral. Fizemos isso especificamente para essa ação. Foi muito bom ver o engajamento de todos", conta.


O evento


Autoridades locais participaram do evento, como o Vice-Prefeito de Triunfo, Gaspar Santos, o Coordenador Geral da Secretaria Municipal de Educação, Guildo Edílio Hoppe, o presidente do Sindicato Rural de Triunfo e Nova Santa Rita, Francisco Irineu Shardong, e o presidente da CERTAJA Energia, Renato Martins.


Segundo o vice-prefeito, a parceria com a CERTAJA Energia é muito importante, porque o cooperativismo tem um papel fundamental na sociedade, com diversos exemplos bem sucedidos. "Torço para que a juventude de Triunfo aproveite muito bem a palestra e que desperte esse espírito do cooperativismo, que é tão importante no bom funcionamento da comunidade", analisa.


Já Renato Martins, presidente da CERTAJA Energia, afirma que esse trabalho junto às escolas, a essa camada de jovens, visa especialmente a preparação do espírito da colaboração a fim de dar continuidade a esse trabalho que tem surtido um efeito. “É motivador ver essa criançada envolvida com uma proposta dessas. E graças a esse esforço da nossa equipe e da direção da escola, vemos uma mobilização e motivação muito grande para que a gente feche com chave de ouro dentro daquilo que propomos”, conclui.


Arte e engajamento


O Projeto Sementes do Cooperativismo na Escola Jozué Machado dos Santos, além de apresentar a peça, também contou com um coral formado pelos outros alunos envolvidos na iniciativa. O repertório tradicionalista envolveu todos e tocou o público.


Para fechar a programação, o ilusionista Mateus Di Macedo (com apoio do Sescoop/RS) se apresentou para as crianças, com um leque de truques que empolgou a todos. Pelo engajamento da escola, a CERTAJA Energia entregou à instituição um cheque no valor de R$ 1.500.



Suporte Certaja